semanárioOSM 438

04/12/2018-10/12/2018

    Logo

    Pierre Béland apela a mapeadores experientes para que ajudem a melhorar a qualidade dos dados [1](#wn438_19006) | © OpenStreetMap contributors

Mapeamento

  • Jean-Louis Zimmerman sugere no twitter algumas novas abordagens para a edição do OpenStreetMap. Ele foi inspirado pela prova de conceito de RIchard Fairhurst, Deriviste.
  • HOT continua o seu mapeamento no Congo DR para ajudar a combater a epidemia de Ébola em Kivu do Norte. No Twitter, Pierre Béland apela a mappers experientes para que ajudem a melhorar a qualidade dos dados.
  • Toutelatitudes tweets sobre as três notáveis árvores adicionadas ao OpenStreetMap no departamento de Loiret, em França.
  • dktue gostaria de propor a tag ‘ emergência = control_centre’ para o local onde as chamadas de emergência são respondidas. A marca já é usada mais de 200 vezes, mas apenas na Alemanha.
  • John Paris anunciou a versão 4 de uma proposta sobre como mapear limites em disputa. Disputa de fronteiras são uma questão importante, difícil e sensível por muitas razões. Após o John ter recebido o feedback da sua proposta, ele escreveu que irá refazê-la e incorporar as sugestões.
  • Alguma vez se deparou com o problema de mapeamento de um trilho de caminhada & necessitar de verificar se alguma parte já foi anteriormente mapeada? Muitas comunidades usam páginas wiki para fornecer listas de trilhos e suas relações. O utilizador Cascafico descreve, no diário, ferramentas para automatizar a forma de coligir dados do OSM e transformá-los em formato wiki

Comunidade

  • A comunidade OpenStreetMap Niger organizou no Campus Digital Francófono de Niamey uma oficina sobre OSM, QGIS e dados livros durante 3 dias para 15 dos seus membros.
  • Anderson Jennings escreveu um artigo no seu blogue de utilizador sobre uma oficina de análise de dados que fez com Seth Fitzsimmons no SOTM EUA 2018. No artigo explica como pré-processar conjuntos de dados OSM com osm-wayback e osmesa, como criar uma série de ficheiros csv e carregar os dados num notebook de Jupyter para uma análise interativa e rápida visualização dos dados OSM.
  • Depois que o Mapbox contratou a equipe Valhalla do Mapzen, a maioria, se não todos os desenvolvedores do OSRM parecem ter se aposentado de seu trabalho. No entanto, não há Mapbox declaração oficial sobre se planeja manter ambos os projetos no futuro.
  • Tim Couwelier escreveu num blogue sobre categorização de estradas – OpenStreetMap versus Documentos Flamengos de planeamento, onde explica as diferenças entre OSM e categorização de vias públicas. Ele foca essas categorias públicas, baseando-se no uso de uma estrada no OSM, com seu princípio de chão-verdade, com base no uso real da mesma.

Fundação OpenStreetMap

  • Nicolas Chavent [descreve] (https://lists.openstreetmap.org/pipermail/osmf-talk/2018-December/005627.html) num email que acredita que o HOT Inc. dos EUA quer alcançar uma posição dominante, gradualmente, no Conselho OSMF. Severin Menard continua, referindo que dois diretores do OSMF foram previamente do Conselho do HOT, outro atual diretor do OSMF era diretor executivo do HOT, um candidato à corrente eleição é um empregado do HOT e um candidato das atuais eleições do Conselho OSMF é um membro votante do HOT Inc. dos EUA.
  • O Conselho OSMF reviu a decisão do Grupo de Trabalho de Dados para alterar os limites da Crimeia no OSM e rescindiu a resolução DWG. Em conformidade, a Crimeia está incluída dentro das fronteiras da Rússia e da Ucrânia: assim, retornando ao mapeamento existente desde 2014.

    Como seria de esperar há comentários sobre esta decisão: Ilya Zverik no seu WhatOSM blogue (automático [Tradução](https://translate.google.com/translate?sl=auto&tl=EN&u=http:// shtosm.ru/All/net-podozhdite/)) coloca esta controvérsia num contexto global de OSM. Outros acham que a forma como a decisão foi tomada e comunicada não cumpre os objetivos critérios de transparência. Richard Fairhust refere-se a isso na sua percepção de que ao longo dos anos o Conselho OSMF falhou muitas vezes no apoio aos voluntários dos grupos de trabalho…

Eventos

  • O FOSSGIS 2019! (de), a conferência alemã em torno de tópicos geoespaciais e reunião local principal de OSM, é ao virar da esquina. Já existe uma agenda para eventos sociais! (de) disponível.

OSM Humanitário

  • HOT escreveu como os dados OSM ajudarão a determinar a exposição de uma região a catástrofes. Um modelo será desenvolvido com base nos dados coletados e pretende melhorar a resiliência das cidades de mais de 46 países.
  • A República do Congo sofre de um surto de Ébola, ataques de rebeldes e deslocamentos de população. Com imagens recentes, o HOT está ativo na região e abriu tarefas no seu Gerenciador de Tarefas. Num email na lista de mailing do HOT de discussão, Pierre Béland recapitula o trabalho de um ponto de vista de qualidade e recomenda medidas para corrigir os problemas e melhorar a qualidade de mapeamento em futuras atividades.

Mapas

  • OpenStreetBrowser foi atualizado para a versão 4.2. A nova versão permite aos seus utilizadores exportar recursos visíveis de mapa como JSON, GeoJSON e XML. Como o projeto relata na sua página inicial, utilizadores com repositórios próprios na OpenStreetBrowser Dev agora podem carregar categorias de ramos git e o feed avariado, na barra de notícias, do Twitter foi substituído para mostrar notícias de um blogue.
  • Qwant, um motor de busca europeu que respeita a privacidade, acaba de lançar uma versão Alfa do seu novo produto de Mapas Qwant, um mapa totalmente baseado nos dados OSM e no ecossistema de opensource OSM.
    Por enquanto, funciona principalmente em França, mas a boa notícia é que pode contribuir para o fazer funcionar na sua terra natal, também.

Dados abertos

  • A cidade de Zurique publica um modelo 3D dos escudos exteriores e estruturas de telhado sob uma licença Creative Commons CCZero.

Software

  • Martijn van Exel escreveu um ilustrado guia sobre como começar a contribuir para o OpenStreetCam, a plataforma livre e aberta para imagens de nível de ruas, construído pelaTelenav.
  • Jiri Vlasak introduziu o projeto de LiveJOSM. LiveJOSM é um sistema Debian baseado em Linux com JOSM e alguns plugins JOSM pré-instalados que podem ser usados em eventos, tais como mapathons.

Releases

  • A iD de editor do OSM recebeu duas atualizações recentemente. O mega update v2.12.0 inclui uma aparente lista interminável de novas funcionalidades, melhorias e correções de bugs, incluindo a implementação de dois gestos do trackpad para utilizadores de Mac, desenho de formas com uma direção como penhascos e zonas costeiras e a possibilidade de redimensionar a barra lateral, ou ocultá-lo completamente. A atualização para 2.12.1, um dia depois, inclui algumas pequenas correções.
  • Uma atualização para o HOT Tasking manager foi lançado depois de ter recebido quase 60 diferentes confirmações. As melhorias incluem novos layouts para mapeamento e o histórico das tarefa, o suporte para a remarcação de formatos na descrição das tarefas e cartão de contribuidor e a implementação de uma nova função chamada Expert Mode que cobrirá funções de mapeamento mais avançados e recursos de validação
  • Simon Poole lançou a primeira versão beta para a versão 12 do editor Vespucci.

    • Apresenta uma nova modo de ação simples, que adiciona um botão verde grande para adicionar novos recursos, em vez da difícil de explicar long click.
    • Suporte para Maproulette
    • adiciona um intent, que significa qualquer geo: urls podem ser abertos diretamente, usando OpenStreetMap.org

Sabia que…\Conhece…

  • o JOSM BuildingTool Plugin pelo utilizador Upliner que contribui para a qualidade OSM… Pode desenhar edifícios regulares retangulares ou redondos com dois cliques no rato! Precisão e rapidez! Pressione ‘ Ctrl-Alt-B’ Chave do atalho de teclado para aceder às opções do painel e modificar o tipo de formulário e muito mais…
  • OSM Streak? OSM Streak é um concurso que o faz executar pequenas tarefas diárias para o OSM e ganhar pontos ao terminá-las. O objetivo é motivar os mappers a editar persistentemente.
  • … a lista de ferramentas de garantia da qualidade que podem ser usadas para melhorar os dados no OSM?
  • … como pode completar com êxito os números de casa nas moradas da sua área com MAPS. ME? Aqui está como.

OSM nos média

  • A língua alemã é conhecida pelas palavras compostas, extremamente longas e, aparentemente, este facto também se aplica a nomes de estradas. De acordo com um artigo! (de), uma investigação com base em dados OSM encontrou o nome de estrada mais longo na Alemanha: Bischöflich-Geistlicher-Rat-Josef-Zinnbauer-Straße. O mais comum na Alemanha são estradas com o nome dos escritores Goethe e Schiller.

Outras coisas “geo”

  • Daniel Huffman escreveu sobre como fazer um mapa à moda antiga: numa máquina de escrever.
  • Jelle van Lottum tem indicou viagens pelas lojas de várias Companhias das Índias da Europa à Índia e nas Índias Orientais, antes de 1800. Os dados são de CLIWOC, digitalizados a partir de diários de bordo dos navios.
  • CityLab forneceu [um panorama](https://www.citylab.com/transportation/2018/11/best-transit-american-cities-bus-rail-subway-service/576739/?utm_term=2018-11-30T18%3A27%3A40&utm_source=twitter&utm_campaign=citylab&utm_medium=social & utm_content = editar-promo) de um novo livro de Christof Spieler sobre sistemas de trânsito rápido em 47 regiões metropolitanas americanas. Escusado será dizer, que contém muitos mapas de trânsito.
  • Martijn anunciou uma [competição] OpenStreetCam (https://github.com/openstreetcam/competitions/wiki/Australia-Competition-Dec-2018) para a Austrália. A Equipa TeleNav dos mapas está a conceder cartões-presente da Amazon para os contribuidores de imagens de maior qualidade até o final do ano. O produto OpenStreetCam da TeleNav é uma solução para imagens ao nível da rua como o Mapillary que lhe permite carregar imagens captadas por si, bem como sequências de imagem. Ajuda a detetar erros e lacunas nos dados e apoia-o com imagens durante a edição.
  • A versão 3.4 do ArangoDB, um Apache licença multi-modelo banco de dados nativo, foi lançado. A nova versão suporta o GeoJSON e inclui o novo motor de busca ArangoSearch.
  • A web app Cultural Gems foi apresentada pela Comissão Europeia durante o encerramento da conferência do Ano Europeu do Património Cultural 2018. A app tem a intenção de fornecer informações crowdsourced em espaços culturais e criativos de Europa e é pré-carregado com um conjunto inicial de pontos de interesse do OpenStreetMap.
  • Katharina Przybill publicou um artigo sobre "análise conceptual de conformidade com a história da Base de Dados OpenStreetMap (OSHDB) ".
  • Matt Daniels desenvolveu uma visualização baseada em OSM da população mundial em 3D
  • A NASA fornece um novo olhar sobre o pós-furacão Maria, em Porto Rico.
  • Google Maps na Austrália tem alguns erros incomuns.

Próximos eventos

    Onde O quê? Data País
    Alice PoliMappers Adventures 2018: One mapping quest each day 2018-12-01-2018-12-31 everywhere
    online via IRC Foundation Annual General Meeting 2018-12-15 everywhere
    Aeroporto de Colônia-Bonn Bonner Stammtisch 2018-12-18 germany
    Luneburgo Lüneburger Mappertreffen 2018-12-18 germany
    Nottingham Pub Meetup 2018-12-18 united kingdom
    Reutti Stammtisch Ulmer Alb 2018-12-18 germany
    Rennes Recensement des panneaux publicitaires 2018-12-23 france
    Lípsia OpenStreetMap assembly 2018-12-27-2018-12-30 germany
    Düsseldorf Stammtisch 2018-12-28 germany
    Greater Vancouver area Metrotown mappy Hour 2018-12-28 canada
    Biella Incontro mensile 2018-12-29 italy
    Heidelberg State of the Map 2019 (international conference) 2019-09-21-2019-09-23 germany

    Nota: Se pretender ver o seu evento aqui, por favor coloque-o no calendário. Só dados lá colocados aparecerão no weeklyOSM. Por favor, verifique o seu evento na nossa pré-visualização pública, e corrija-a se necessário.

Este semanárioOSM foi produzido por PierZen, Rogehm, SK53, SunCobalt, derFred, geologist.